Fórmula 1

  • Crédito: Getty Images

    Na temporada passada, George não marcou nenhum ponto.

Russell não quer pontuar por sorte em 2020

Para piloto da Williams, pontos têm de vir por "ritmo puro"
Por: Murilo - 28/01/2020 07:15:45
279 visualizações

A Williams não quer marcar pontos “por sorte”, mas sim pelo ritmo de seus carro. Foi o que disse um dos pilotos da equipes, o inglês George Russell. Na temporada passada, ele não marcou nenhum ponto. E o único conquistado pela equipe foi pelo seu ex-colega, Robert Kubica. 

O polonês subiu para o décimo lugar na Alemanha, após uma desqualificação dos dois pilotos da Alfa Romeo. Como a prova foi um caos total, Russell - único piloto que não pontuou em 2019 - atribui o ponto conquistado por Kubica à sorte. E não é isso que ele quer para a si e para a equipe em 2020. 

“Obviamente, na Fórmula 1 é necessário marcar pontos. Mas acho que o mais importante é ter um carro mais forte, um carro com o qual possamos competir melhor, semana após semana, em vez de apenas pontuar”, disse o piloto em entrevista ao portal RaceFans.net.

“Eu poderia ter marcado um ponto aqui e ali, mas teria sido por sorte e não queremos fazer isso. Precisamos fazê-lo em ritmo puro”, completou o inglês de 21 anos que, apesar de sua falta de pontos, foi considerado um dos talentos mais sólidos do grid no ano passado. Dentro da Williams, superou Kubica em todas as 21 sessões de qualificação.

 

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade