Fórmula 1

  • Crédito: Getty Images

    Pérez quer lutar por algo maior na F1.

Pérez diz que pode deixar a F1 até 2023

Segundo ele, isso acontece se a Racing Point permanecer no pelotão intermediário
Por: Murilo - 13/01/2020 08:06:40

O piloto da Racing Point, Sergio Pérez, disse que pode deixar a F1 após 2022. Segundo o mexicano, isso irá acontecer se não tiver a chance de estar na frente do grid até lá. Na F1 desde 2011, Perez terminou no pódio oito vezes. Só que nunca recebeu um carro capaz de permitir que ele brigasse por algo maior.

Segundo o piloto, de apenas 29 anos, o fato de estar há tanto tempo no pelotão intermediário pode lhe tirar o estímulo. “As mudanças nas regras me dão esperança e também o que está vindo dentro da equipe. Só tenho que permanecer realista, não posso ir para a Mercedes ou Ferrari. Estou em uma posição fantástica, muitos pilotos gostariam de estar aqui”, disse ele em entrevista ao portal GPUpdate.net.

“Isso é principalmente por causa do que está acontecendo nos bastidores, por que isso nos oferece uma boa oportunidade. Mas este será o meu décimo ano na F1, por isso, se a situação continuar mais ou menos a mesma, não me vejo continuando depois de 2022. Três anos na F1 passam rapidamente”, completou.

Mesmo sem ter recebido chance de lutar por resultado mais expressivos, Pérez diz que o ambiente na equipe é agradável. “Estou muito otimista e pronto para lutar por vitórias. Como estou com esse time há tanto tempo, ele se tornou minha segunda família”, declarou o mexicano. 

“Então, creio que ninguém é mais feliz do que eu, se houver a possibilidade de ir para um time de ponta, eles provavelmente me darão essa chance, se não, este é um lugar fantástico para se estar, e com certeza, posso ter sucesso aqui”, finalizou.

 

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade