Fórmula 1

  • Crédito: Getty Images

    Abiteboul está insatisfeito com as regras para 2020.

Regra "estúpida" dos pneus do Q2 continua, diz chefe da Renault

Cyril Abiteboul não concorda com a atual regulamentação a respeito dos pneus nos treinos
Por: Bruno - 11/12/2019 07:29:26

A regra atual da Fórmula 1 sobre pneus não conta com o apoio do chefe da equipe Renault, Cyril Abiteboul. Segundo o regulamento, todos os pilotos que chegarem ao Q3 da qualificação devem começar com os pneus usados no Q2. A justificativa é que o grid se tornaria mais atrativo, mas o efeito é justamente o contrário.

 

“Mais uma vez, vimos uma demonstração desse regulamento bobo de ter que começar com pneus macios, o que dá uma vantagem para os caras atrás. Houve um lobby das principais equipes e de suas equipes juniores para impedir uma mudança, porque é um regulamento que foi projetado pelas principais equipes para protegê-los. Acho que eles não precisam, mas é uma proteção extra”, , disse Abiteboul ao Motorsport.com.

 

“De acordo com as regras, as equipes do pelotão intermediário que chegarem ao Q3 terão quase sempre que iniciar com o pneu macio. Isso leva à desvantagem em relação aos carros que começam na 11ª e mais abaixo. Foi o que aconteceu na maioria dos Grandes Prêmios, como o último em 2019 em Abu Dhabi. 

 

Em Yas Marina, os pilotos da Renault, Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg, se classificaram em oitavo e décimo, respectivamente. E por causa de uma estratégia de pneus ruim, tanto o australiano quanto o alemão terminaram fora da zona de pontos. “É um regulamento estúpido, precisa desaparecer. Ninguém está fazendo nada a respeito, e francamente, estou exasperado ao ver isso acontecendo novamente”, finalizou Abiteboul.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade