Fórmula 1

  • Crédito: Getty Images

    No ano anterior ao convite, Barrichello defendia a Brawn GP, equipe de Ross Brawn.

Barrichello diz que esteve perto de ser companheiro de Hamilton

Em 2010, piloto brasileiro recebeu uma proposta da McLaren, mas recusou
Por: Murilo - 30/11/2019 08:15:15

Rubens Barrichello esteve muito perto de ser companheiro de equipe de Lewis Hamilton em 2010. Quem diz isso é o próprio piloto brasileiro. Segundo Rubinho, ele recebeu uma proposta para integrar a McLaren, mas por ter contrato firmado com a Williams, teve de recusar.

“Quando a McLaren me contatou, já tinha firmado um contrato com a Williams. Lastimei não poder guiar ao lado de Lewis, foi uma grande tentação, mas já tinha compromisso com a Williams e sou muito grato a eles, não queria me sentir mal em conta disso. A Williams sempre foi uma equipe que, desde seu começo, teve grandes pilotos”, disse Rubinho no podcast ‘Beyond the Grid’.

No ano anterior, Barrichello defendia a Brawn GP, equipe de Ross Brawn. Seu companheiro era o inglês Jenson Button. O brasileiro foi o terceiro colocado e Button conquistou o título no final da temporada. Em 2010, a Brawn GP foi vendida para a Mercedes. E foi o penúltimo ano de Barrichello no grid da Fórmula 1. Sua despedida da categoria veio no fim de 2011.

O brasileiro é o atual recordista de GPs disputados: 322, no total. O finlandês Kimi Raikkonen, atual piloto da Alfa Romeo na F1, que já tem 311 GPs disputados, pode ultrapassar Rubinho. O que deve acontecer no meio da temporada 2020.  

 
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade