Fórmula 1

  • Crédito: Getty Images

    Equipe teve o carro mais lento de 2019 e sequer chegou a competir por posições neste ano.

2020 não será descartado, diz engenheiro da Williams

Dave Robson contou que equipe evita se concentrar em 2021
Por: Murilo - 24/11/2019 08:50:10

A Williams tem confiança de que pode se recuperar na próxima temporada. Por isso, a equipe se recusa a focar em 2021. Quem diz é o engenheiro sênior Dave Robson. Segundo ele, o próximo ano não será jogado no lixo.

“É uma boa oportunidade de redefinir um pouco e colocar em prática o que aprendemos no ano passado, e o que continuaremos aprendendo no ano que vem”, declarou ao portal motorsportweek.com.

“Portanto, sem dúvida, precisamos descobrir como dividir os recursos, mas temos que provar a nós mesmos e a todos os outros que o que fizemos este ano foi correto.Podemos continuar desenvolvendo, e isso ainda ajudará no desenvolvimento do carro de 2021. Definitivamente, não vamos descartar o próximo ano”, concluiu.

Em 2019, a Williams marcou apenas um ponto, com o 10º lugar de Robert Kubica no GP da Alemanha. Considerada a mais inusitada do ano, a corrida teve sete abandonos e punição para as duas Alfa Romeos. Desde a entrada em vigor das novas regras em 2014, a Williams amarga um declínio. Atrasada para os testes de pré-temporada em Barcelona, a equipe teve o carro mais lento de 2019 e sequer chegou a competir, de fato, com os demais carros do segundo pelotão.




Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade