Fórmula 1

  • Crédito: Getty Images

    Chefe da Red Bull lembrou que a performance de Gasly melhorou desde a troca.

Confiança de Gasly caiu durante temporada, diz Horner

Christian Horner citou momentos que pesaram na troca do francês por Alex Albon na equipe
Por: Murilo - 20/11/2019 08:10:30

O chefe da Red Bull, Christian Horner, analisou a temporada feita pelo francês Pierre Gasly. Para Horner, a confiança de Gasly caiu. Entre os motivos, estão dois acidentes nos testes de pré-temporada e a tensão de ser comparado com Max Verstappen. 

Ao falar sobre a manutenção de Alexander Albon na equipe (o tailandês substituiu Gasly na equipe durante as férias de verão), Horner disse que Gasly havia tido dificuldades no time. “Acho que, para Pierre, foi muito difícil para ele entrar no início da temporada, após dois acidentes na pré-temporada. Isso definitivamente afetou sua confiança”, analisou.  “E, claro, ser o companheiro de equipe de Max Verstappen é um trabalho muito difícil de se ter, tendo esse ponto de referência. Para Pierre, foi uma primeira metade difícil de temporada para ele”, prosseguiu. 

“Obviamente, sentimos que, com a pressão sobre ele, a pressão do público, o cerco da mídia, era certo removê-lo e colocá-lo no ambiente um pouco menos pressionado da Toro Rosso. Desde essa troca, acho que ele voltou a pilotar excepcionalmente bem”, continuou Horner.

O chefe da Red Bull lembrou que a performance de Gasly melhorou desde a troca, com o francês superando nas sete corridas que disputou este ano seu atual companheiro de equipe, o russo Daniil Kvyat. 

“Você pode ver que a confiança dele está crescendo. Ele fez algumas corridas muito fortes e seu ritmo está ficando cada vez melhor. Ele parece mais feliz naquele ambiente, o que é bom de ver”, completou Christian Horner. 

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade