Fórmula 1

  • Crédito: Getty Images

     trabalho de Max Verstappen, que venceu a prova, foi elogiado por Brawn,

Após relargadas no GP do Brasil, F1 analisa mudança de regra

Relargadas nas voltas finais em Interlagos foram elogiadas pelo diretor Ross Brawn
Por: Murilo - 20/11/2019 08:10:10
345 visualizações

Mudanças na regra podem acontecer no futuro da Fórmula 1, por conta das relargadas nas voltas finais do GP do Brasil no últimodomingo (17). Foi o que disse o diretor-esportivo da categoria,  Ross Brawn. Segundo ele, os chefes de equipe pretendem dar mais possibilidades para que momentos como aqueles se repitam. 

“Foi uma relargada fascinante, que será analisada cuidadosamente, já que a proximidade do pelotão nos segundos antes da bandeira verde resultou em um espetáculo, com pilotos batalhando por posição e onde a menor vantagem se provou decisiva. Examinando a possibilidade de recriar o procedimento nestas condições futuras, é um interessante conceito que sem dúvidas será explorado no futuro”, declarou Brawn ao site oficial da F1.

Após uma alteração de regulamento neste ano, em vez de acelerar no início da última curva, os pilotos só poderiam ultrapassar após cruzarem a linha de chegada. Por conta da medida, o pelotão ficou mais apertado. Como consequência, vieram boas ultrapassagens.

O trabalho de Max Verstappen, que venceu a prova, foi elogiado por Brawn. Segundo ele, o holandês fez os movimentos corretos na segunda relargada. “Ele foi incrível, particularmente forte na segunda relargada, quando segurou o pelotão com o objetivo de que ninguém teria o vácuo para ultrapassá-lo e roubar a vitória”, completou o diretor da F1.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade