Fórmula 1

  • Crédito: Getty Images.

    Mattia Binotto, chefe da Ferrari, evitou polemizar após o acidente.

"Devem desculpas à equipe", diz Binotto sobre acidente

Leclerc e Vettel se envolveram em acidente na volta 66
Por: Murilo - 18/11/2019 06:05:40
164 visualizações

O GP do Brasil teve um desfecho desastroso para a Ferrari. Disputando um lugar no pódio nas voltas finais da corrida, Charles Leclerc e Sebastian Vettel se tocaram e acabaram abandonando ambos a prova na volta 66. Mattia Binotto, chefe da Ferrari, evitou polemizar, mas deixou claro que os pilotos devem desculpas à escuderia.

“No calor da emoção, algumas coisas não podem acontecer. Hoje em dia a gente deixa os dois livres para competir, para lutar. Eles estão lutando pelas suas posições no campeonato, e, infelizmente, às vezes isso pode acontecer. Foi um toque muito leve, mas as consequências foram muitos grandes. A gente precisa analisar e, depois, discutir com os dois pilotos”, disse.

“Já vi os dois pilotos, e já disse que eles devem desculpas à equipe. Eles devem seguir livres para lutar, mas também ter a consciência de que não podem correr com o risco desnecessário de causar uma situação como essa”, criticou.

Binotto, porém, afirmou que a questão será analisada internamente antes de determinar um culpado pelo acidente. “Estamos todos decepcionados, os pilotos também estão decepcionados, mas no calor da emoção não é o momento de ver. Vamos ter tempo para analisar as imagens e chegar a uma conclusão. Essa é uma situação que vai nos ajudar a entender melhor a situação no futuro. Foi um erro dos pilotos na pista, não tem nada a ver com a questão de liderança na equipe”, concluiu.

 
Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade