Fórmula 1

  • Crédito: Getty Images.

    Max afirmou ainda pretender disputar o título já em 2020.

"Está ficando chato ver Hamilton vencer", diz Verstappen

Holandês da Red Bull ainda exaltou nova geração de pilotos na F1
Por: Murilo - 13/11/2019 10:55:02
233 visualizações

O holandês Max Verstappen pensa que a Fórmula 1 tem ficado chata com apenas Lewis Hamilton vencendo. Conhecido por suas falas polêmicas, o jovem piloto da Red Bull exaltou a nova geração que está na categoria e disse que pretende brigar pelo título em 2020. 

“Acho que é bom para a F1 que os caras novos apareçam e que consigam chegar ao topo em breve. Está ficando meio chato ver o Lewis vencer, então, precisamos tentar e mudar isso", disse ele em um evento de um de seus patrocinadores. Ele também citou o domínio de Lewis Hamilton, que Max atribui aos acertos da Mercedes. A aposentadoria do britânico também foi assunto.  

“Ele está ficando mais velho, é claro que uma hora ele vai ter de parar. Mas, sinceramente, o domínio continuar ou não vai depender da equipe, não dele. Se a Mercedes continuar fazendo carros realmente dominantes, com certeza ele vai vencer, então precisamos ter certeza enquanto time que podemos batê-los”, prosseguiu.  

O rendimento do motor Honda, grande novidade da Red Bull, foi elogiado pelo holandês. “Acho que estamos no caminho certo. Quando colocamos nosso motor na comparação com Mercedes e Renault, estamos bem perto do que é a Mercedes hoje, então, é promissor para o próximo ano. Realmente quero ser campeão pela Red Bull, me sinto em casa, acho que isso é algo bem importante para um piloto, se sentir importante no time”, disse. 

Max ainda colocou uma pedra em cima da polêmica gerada em Austin, quando falou que a Ferrari trapaceava nos motores. Segundo ele, o foco agora é Interlagos. “É um assunto delicado, eu vou tentar não me envolver mais nisso. Prefiro seguir em frente, esquecer isso e focar no Brasil. Falei com o Lewis no grid em Austin, respeito muito ele, mas somos pilotos de verdade e, de vez em quando, as coisas são mais duras, mas conversamos e está tudo bem”, finalizou. 

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade