+ Notícias

  • Crédito: Getty Images

    Notícia da demissão foi um baque para Hinchcliffe, que ainda não sabe seu destino para 2020.

Saída de Hinchcliffe é confirmada pela McLaren

Equipe anunciou O'Ward e Oliver Askew como dupla de pilotos para 2020
Por: Murilo - 01/11/2019 06:05:05
337 visualizações

A McLaren, responsável pela operação da SPM na Indy em 2020, irá demitir James Hinchcliffe. A informação foi dada pela própria equipe, confirmando a especulação da saída do canadense. Assim, os jovens Oliver Askew - atual campeão da Indy Lights - e Pato O’Ward passam a dirigir para a McLaren em 2020. 

“Entrar na McLaren para o meu primeiro ano na Indy é um sonho que se torna realidade. O novo time traz três grandes parceiros e é uma honra representá-los neste novo capítulo da equipe para minha carreira. É um desafio animador para mim, e o próximo passo natural depois de vencer o título da Indy Lights. Mal posso esperar para começar”, contou Askew. 

 “Não poderia estar mais feliz por estar na McLaren SP na minha primeira temporada na Indy. Tive grandes oportunidades no ano passado, mas esta é, de longe, a melhor coisa que poderia acontecer na minha carreira. Tive um gostinho de Indy neste ano e mal posso esperar para representar a McLaren SP da melhor maneira possível em 2020”, declarou O’Ward. 

A McLaren demonstrou empolgação com o atual momento, como revelou o diretor esportivo da equipe, o brasileiro Gil de Ferran. “Procurando estabelecer a McLaren SP na Indy, estou feliz por anunciar estes dois nomes ao time. Oliver e Pato representam a nova geração da Indy. Eles se provaram vencedores e bons prospectos. Não tenho dúvidas de que vão formar um excelente par em 2020. Os dois impressionaram na Indy Lights, somando 16 vitórias juntos. Tiramos tempo para fazer uma escolha que acreditamos ser a melhor nos interesses da McLaren a longo prazo”, disse.

Já a notícia da demissão foi um baque para Hinchcliffe, que ainda não sabe seu destino para 2020, mesmo com vagas ainda em aberto em outras equipes. Apesar de ter sido liberado para buscar outro time, seu contrato com a McLaren segue válido.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade