MotoGP

  • Crédito: Getty Images

    Mesmo com o resultado decepcionante, Viñales se mostrou satisfeito com o desempenho na prova.

Viñalez não esconde frustração por queda nos metros finais

Para espanhol, GP da Austrália era "uma corrida para vencer, não para ser segundo"
Por: Murilo - 28/10/2019 05:10:10
191 visualizações

O espanhol Maverick Viñales lamentou a queda na última volta no Grande Prémio da Austrália do último domingo (27). Lutando pela vitória até o fim, o espanhol acabou perdendo o controle de sua Yamaha e abandonou a briga com Márquez, que cruzou a linha de chegada em primeiro. 

Viñales disse que previu um ataque de Márquez, mas esperava que ele acontecesse na última volta e não um pouco antes. “Comecei a última volta muito mais perto do corretor para ter uma chance se o Marc ultrapassasse no último momento, para travar mais tarde. No entanto, ele me ultrapassou antes”, disse o espanhol.

“Então, estava planeando puxar ao máximo no setor três para o ultrapassar na curva dez; foi o que fiz. Assim, antes de cair, estava pronto para entrar sem travar para ver o que aconteceria", continou.

Mesmo com o resultado decepcionante, Viñales se mostrou satisfeito com o desempenho na prova. Segundo ele, o GP da Austrália deste domingo poderia ter-lhe reservado uma vitória. 

“Talvez tenha cometido um erro, não sei, e depois caí para o outro lado. Hoje foi uma corrida para vencer, não para ser segundo. Tive a chance, então tentei. Enfim, para mim foi uma corrida muito positiva, cai, mas fiquei satisfeito. Dei o meu melhor em cada volta e a moto estava trabalhando muito bem”, completou. 



Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade