MotoGP

  • Crédito: Getty Images

    Hexacampeão mostrou mais uma vez que sede por vitórias não parou com o título desta temporada.

Erro de Viñales nos metros finais garante vitória para Márquez

Na Austrália, piloto da Honda chegou a sua 11ª vitória na temporada
Por: Murilo - 27/10/2019 12:33:50
207 visualizações

Marc Márquez nunca está satisfeito: mesmo com o título garantido, o espanhol segue com fome de vitória. E mais uma vez ele venceu na MotoGP: no GP da Austrália, nesse domingo (27), o piloto da Honda chegou a sua 11ª vitória na temporada e superou a lenda Mick Doohan como o piloto mais vencedor da história da Honda na MotoGP.

Mas a vitória não veio fácil: Maverick Viñales conquistou a pole-position, perdeu posições, mas se recuperou e voltou a ponta e quando disputava a liderança com Márquez nos nos metros finais, caiu e “entregou” a vitória ao #93, que só precisou manter a ponta.

“Tinha claro que só tentaria uma vez, na última volta. Poderia ser na reta, mas também na curva 10. Podia passá-lo antes da linha de chegada, tinha alguma vantagem. Ele escapava um pouco no terceiro setor, mas eu logo conseguia recuperar”, disse Márquez.

“Se eu conseguisse aguentar até as últimas cinco ou seis voltas, sabia que podia ganhar. Tinha que colocar todos os ingredientes nas primeiras 20 voltas, cozinhar a corrida pouco a pouco. Nas últimas voltas, os pneus desgastavam muito, e esse é o meu ponto forte, me adapto bem à moto nessas circunstâncias. Podíamos ser quase tão rápidos quanto ele em todo o circuito”, continuou o hexacampeão, que admitiu que Viñales era o mais veloz no traçado australiano.

“Maverick fazia duas ou três curvas muito rápido, hoje ele era mais rápido na pista do que eu, e podia vencer qualquer um. Corri muitos riscos. Se estivesse disputando o campeonato, não sei se teria me arriscado, mas consegui aguentar e, a partir daí, o estudei para esperar o momento”, concluiu.

Cal Crutchlow, Jack Miller, Francesco Bagnaia e Joan Mir completaram o top 5. Valentino Rossi, que alcançou a marca histórica de 400 GPs, terminou na oitava colocação.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade