Fórmula 1

  • Crédito: Getty Images Sport

    Vinte e cinco anos depois, Ayrton Senna segue vivo na memória de milhões de brasileiros.
  • Crédito: Getty Images Sport

    Senna no circuito italiano de Ímola, com sua Williams FW16, no dia 1º de maio de 1994.

25 anos sem a genialidade de Ayrton Senna

Tricampeão mundial de Fórmula 1 faleceu no dia 1 de maio de 1994, em Ímola, na Itália
Por: Redação - 01/05/2019 13:59:11

O dia primeiro de maio de 1994 ficou marcado não apenas na história do automobilismo mundial, mas também na vida de milhões de brasileiros. Um dos maiores ídolos do esporte nacional, Ayrton Senna nos deixou precocemente, aos 34 anos, em um acidente no circuito italiano de Ímola. Mas se em vida o piloto encantou gerações, vinte e cinco anos depois sua imagem como um dos maiores gênios do automobilismo de todos os tempos permanece intacta.

Grande parte dos brasileiros tinha um compromisso sagrado aos domingos pela manhã no início dos anos 1990: como em uma espécie de ritual, famílias se reuniam em frente a televisão para ver o piloto que levava consigo no capacete as cores da bandeira do país brilhar nas pistas. No entanto, naquele primeiro de maio, quando Ayrton Senna apontou com sua Williams na curva Tamburello e bateu forte contra o muro, milhões de pessoas que acompanhavam a prova ao vivo ficaram comovidas e com um nó na garganta ao ver o acidente. Na transmissão, o narrador Galvão Bueno disse “Senna bateu forte”. Era a despedida do tricampeão mundial. 

Homenagens à Senna

Os 25 anos da morte de Ayrton Senna vão ser lembrados em homenagens no país e fora dele nesta quarta-feira. No autódromo de Interlagos, palco de várias vitórias marcantes de Senna, fãs se encontram para o Festival Senna Day, com atividades esportes, shows e atrações para toda a família. Em Ímola, na Itália, o piloto será lembrado em uma missa.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade