Fórmula 1

  • Crédito: Getty Images Sport

    Russell, hoje de Mercedes, foi o mais rápido.

Russell prova que carro faz a diferença

Britânico acelera de Mercedes, nesta quarta-feira, e faz o melhor tempo do dia
Por: Redação e agências - 03/04/2019 14:42:22

O piloto britânico George Russell mostrou nesta quarta-feira(3), no Bahrein, que carro faz sim a diferença. Guiando a Mercedes W10 ao invés da “problemática” Williams FW42, conseguiu o melhor tempo(1:29.029s) no final da sessão que o deixou na liderança da tabela de tempos dos testes no Bahrein.

Russell completou 101 voltas com o W10, e o tempo que conquistou foi quase três segundos mais rápido do que sua volta com a Williams na qualificação para o Grande Prêmio do Bahrein.

O sol continuou brilhando no deserto de Sakhir, e as equipes aproveitaram para compensar as quatro horas e meia perdidas, na terça-feira, devido à chuva. Ainda antes do intervalo para o almoço, Carlos Sainz marcou o primeiro tempo, mas foi rapidamente superado por Sebastian Vettel. O piloto da Ferrari ainda abaixou seu tempo, deixando o 1:29.319s como referência antes da pausa.

Vettel manteve a liderança por algumas horas, mas na uma hora e meia final, Sergio Perez fez 1:29.095s com sua RP19. Parecia que o mexicano da Racing Point terminaria à frente, mas Russell fez uma volta nos instantes finais e melhorou o tempo de Perez em 0,066s para terminar como o mais rápido.

Confira o resultado “combinado” dos testes da F1 no Bahrein:

1) George Russell (Mercedes F1 W10 EQ Power+ / Mercedes F1 M10 EQ Power+) 1’29.029 101 voltas


2) Sergio Pérez (Racing Point RP19 / Mercedes F1 M10 EQ Power+) 1’29.095 60 voltas


3) Sebastian Vettel (Ferrari SF90 / Ferrari 064) 1’29.319 102 voltas


4) Max Verstappen (Red Bull RB15 / Honda RA619H) 1’29.379 62 voltas


5) Carlos Sainz Jr. (McLaren MCL34 / Renault E-Tech) 19 1’29.795 20 voltas


6) Daniil Kvyat (Toro Rosso STR14 / Honda RA619H) 1’29.911 111 voltas


7) Mick Schumacher (Ferrari SF90 / Ferrari 064) 1’29.976 56 voltas


8) Mick Schumacher (Alfa Romeo C38 / Ferrari 064) 1’29.998) 70 voltas


9) Alexander Albon (Toro Rosso STR14 / Honda RA619H) 1’30.037 143 voltas


10) Lance Stroll (Racing Point RP19 / Mercedes F1 M10 EQ Power+) 1’30.049 35 voltas


11) Lando Norris (McLaren MCL34 / Renault E-Tech) 19 1’30.800 22 voltas


12) Dan Ticktum (Red Bull RB15 / Honda RA619H) 1’30.856 134 voltas


13) Romain Grosjean (Haas VF-19 / Ferrari 064) 1’30.903 86 voltas


14) Fernando Alonso (McLaren MCL34 / Renault E-Tech) 19 1’31.006 69 voltas


15) Lewis Hamilton (Mercedes F1 W10 EQ Power+ / Mercedes F1 M10 EQ Power+) 1’31.156 77 voltas


16) Pietro Fittipaldi (Haas VF-19 / Ferrari 064) 1’31.209 48 voltas


17) Jack Aitken (Renault R.S.19 / Renault E-Tech) 19 1’31.500 103 voltas


18) Daniel Ricciardo (Renault R.S.19 / Renault E-Tech) 19 1’31.584 45 voltas


19) Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo C38 / Ferrari 064) 1’32.067 53 voltas


20) Nicholas Latifi (Williams FW42 / Mercedes F1 M10 EQ Power+) 1’32.198 100 voltas


21) Carlos Sainz Jr. (McLaren MCL34 / Renault E-Tech 19) 1’32.269 60 voltas


22) Robert Kubica (Williams FW42 / Mercedes F1 M10 EQ Power+) 1’33.290 19 voltas


23) George Russell (Williams FW42 / Mercedes F1 M10 EQ Power+) 1’33.682 27 voltas

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade